Esporte

30/09/2018 17:21 gazetaesportiva.com.br

Atlético Mineiro resolve no primeiro tempo e goleia o Sport no Horto

O Atlético Mineiro teve uma tarde para não ser esquecida tão cedo, na mesma proporção que Milton Mendes teve um dia e uma estreia para não ser repetida no comando do Sport. Neste domingo, na Arena Independência, o Galo dominou por completo os 90 minutos, sofreu um susto no início, mas conseguiu uma virada de respeito e com grande atuação coletiva goleou o Leão por 5 a 1.

Os primeiro 45 minutos no Horto foram de goleada. Dominante desde o início, o Atlético até sofreu um susto aos cinco minutos com o gol marcado contra por Leonarodo Silva, mas com a bola no chão e um dia inspirado da dupla Chará e Cazares não só conseguiu a virada, como foi para o vestiário com uma goleada na bagagem. Com gols de Elias, Fábio Santos, Emerson e Cazares, o time comandado por Thiago Larghi fez 4 a 1 apenas na primeira etapa.

Como era de se esperar, o segundo tempo foi bem menos intenso que o primeiro, mas nem por isso sem gols. Apesar de não esboçar uma grande pressão, o Sport conseguiu diminuir a vantagem com Michel Bastos. Reintegrado recentemente ao elenco, o meia, de cabeça, diminuiu a desvantagem e alimentou o sonho do empate, que logo foi interrompido por Ricardo Oliveira. Findando uma maré ruim, o experiente centroavante encheu o pé para dar números finais ao jogo: 5 a 2.

Com os três pontos conquistados neste domingo, o Galo chegou aos 45 pontos e segue alimentando o sonho do título Brasileiro. Enquanto isso, o Sport, derrotado do dia, se afundou ainda mais na vice-lanterna, com 24. Precisando se reerguer, o Leão abre a 28ª rodada na próxima sexta diante do Internacional, na Ilha do Retiro, enquanto o Atlético entra em campo no sábado, contra a Chape na Arena Condá.

O JOGO

Precisando dar uma resposta, o Atlético Mineiro começou a partida a todo vapor. Com a posse de bola, o time mineiro preteria a ligação direta e construía suas jogadas com muita movimentação e toques rápidos. Foi assim que, logo no primeiro minuto, Chará finalizou a ótima trama coletiva, mas por cima do gol de Magrão. Na sequência, o colombiano teve nova chance, mas chutou na rede pelo lado de fora.

Precavido na defesa, o Sport tinha nitidamente a proposta de tentar liquidar o jogo em alguma estocada certeira ou por meio da bola parada. E foi assim que, aos cinco minutos, a rede do goleiro Victor balançou. Após cobrança de escanteio, Michel Bastos dividiu com Leonardo Silva, que desviou contra a própria meta e marcou para o Leão.

A vantagem no placar mudou tudo na partida. E pior para o Sport. Atrás, o Galo começou a pressionar e acuar ainda mais o adversário em seu campo defensivo, conseguindo o empate logo em seguida. Aos oito, em nova jogada muito bem trabalhada, Chará apenas rolou para Elias, que invadiu a área e tocou no canto de Magrão.

O empate ascendeu tudo no Horto. Tanto a torcida, quanto o time do Galo aumentaram a intensidade em busca da virada, que se concretizou aos 24 minutos com um pênalti convertido por Fábio Santos. Em nova jogada efetiva, Chará costurou pelo lado esquerdo e rolou para Ricardo Oliveira, que tentou a letra, mas foi impedido por Durval, que desviou com a mão dentro da área. Na cobrança do pênalti, o lateral-esquerdo encheu o pé e virou.

Enquanto alguns ainda comemoravam o segundo, saiu o terceiro do Galo. E um golaço. Enquanto o Sport tentava ajustar o lado esquerdo no qual sofria demais com os avanços de Chará, o flanco direito ficou espaçado e foi por onde Emerson resolveu sozinho. Com uma linda sequência de dribles, saiu na cara de Magrão e tocou no canto para ampliar a vantagem dos mandantes.

No primeiro tempo, ainda deu tempo para o quarto gol atleticano. Aos 29 minutos, o Sport exemplificou as dificuldades pela qual passa no Brasileiro em um único lance. Cazares tentou lançar Ricardo Oliveira, a zaga cortou, mas na tentativa de proteger para Magrão, Durval cochilou e o próprio equatoriano completou para dar ampliar. Na sequência, o experiente defensor do Leão acabou expulso.

Segundo tempo de poucas chances

Depois de um primeiro tempo de cinco gols, naturalmente a segunda etapa seria de menos intensidade e emoção. Mesmo assim, o Galo não se acomodou com a vantagem e, aos três minutos, Leonardo Silva por pouco não deixou o seu após cobrança de escanteio.

Quem não veio mais acomodado do vestiário foi o Sport. Ciente da dificuldade, o Leão não tentou desde o início uma pressão em busca de ao menos mais um tento, mas foi aos poucos, com a posse da bola, buscando uma chance de cada vez. E na primeira delas, Michel Bastos foi letal. Aos 11 minutos, Raul Prata cruzou do lado direito e o meia, reintegrado ao elenco com a chegada de Milton Mendes, desviou para a rede de cabeça.

A alegria dos Leões e o ímpeto pelo sonho do empate, porém, acabou findada aos 24 minutos da segunda etapa junto com o jejum de Ricardo Oliveira. O centroavante recebeu ótimo passe, armou o chute e soltou o pé sem qualquer chance para Magrão evitar o quinto gol do Galo.

Na reta final, o Galo apenas controlou o jogo para sair do Horto com importantes três pontos. Já do lado do Sport, recuperação é a palavra da vez, depois de uma atuação muito inconsistente. No fim, a goleada por 5 a 2 permaneceu no placar.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO 5 X 2 SPORT

Local: Estádio Independência, Belo Horizonte (MG)
Data: 30 de setembro de 2018, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP)
Assistentes: Daniel Luis Marques (SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP)

Cartões amarelos: Durval (Sport), Sander (Sport), Marcão Silva (Sport), Gabriel (Sport), Iago Maidana (Atlético Mineiro)
Cartão vermelho: Durval (Sport)

GOLS:
Atlético Mineiro: Elias, aos oito minutos 1T; Fábio Santos, aos 25 minutos 1T, Emerson, aos 27 minutos do 1T; Cazares, aos 29 minutos 1T; Ricardo Oliveira, aos 24 minutos do 2T
Sport: Leonardo Silva (contra), aos seis minutos do 1T; Michel Bastos, aos 11 minutos do 1T

ATLÉTICO-MG: Victor, Emerson, Léo Silva, Iago Maidana, Fábio Santos, José Welison, Elias (Matheus Galdezani), Cazares (Nathan), Chará, Luan (Edinho) e Ricardo Oliveira.
Técnico: Thiago Larghi

SPORT: Magrão; Ernando, Ronaldo Alves Durval e Sander; Marcão, Jair, Mateus Gonçalves (Gabriel), Marlone e Michel Bastos; Rafael Marques (Raul Prata).
Técnico: Milton Mendes

 

EXPEDIENTE

RÁDIO CIDADE - A Nº 1 - A VOZ DO VALE DO PEIXOTO
Telefones: (66) 3595-1144 ou 3595-1578
Celular: (66) 9 9937-1144

Redes Sociais

Rádio Cidade - Todos os Direitos Reservados.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo